18 de março de 2010

Lembrando Raimundos! Aos Fãs!


Raimundos é uma banda de rock brasileira formada em Brasília em 1987. O nome é derivado de uma de suas maiores influências, a banda Ramones. Sofreram uma baixa de popularidade após seu cantor Rodolfo Abrantes ter deixado a banda após tornar-se protestante. A banda participou da trilha sonora brasileira do filme Missão Impossível 2. A primeira apresentação da banda foi realizada na casa de Gabriel (cantor do Autoramas) durante a virada de ano de 1988, sendo que um dos presentes era Fred, que tornar-se aí então baterista. A parte nordestina do som é reflexo da cultura familiar dos integrantes e das canções do compositor de forró Zenilton. Esse ritmo manteve-se constante até a separação da banda dois anos após. Canisso iniciou estudo de Direito na UnB e teve filhos, Digão deixou de tocar bateria por problemas auditivos e começou a tocar guitarra. Rodolfo por sua vez passou a cantar na banda Royal Street Flesh, casou-se e mudou-se para o Rio de Janeiro. O retorno se deu em 1992 com uma oportunidade em tocar em um bar de Goiânia. Como Digão havia passado para a guitarra a banda começou a procura por um baterista, chegando até a utilizar uma bateria eletrônica. Não obtendo bons resultados, recrutam Fred, que na época já era fã do grupo. No ano seguinte a banda gravou uma fita demonstrativa contendo Nega Jurema, Marujo, Palhas do Coqueiro e Sanidade, iniciando então divulgação pelo país. A banda passou a ser reconhecida pela mídia e por outras bandas, que começaram a convidá-los a tocar no Rio de Janeiro. Chegaram a abrir apresentações de Camisa de Vênus e Ratos de Porão no Circo Voador, além de uma temporada para o Titãs. Em 1994, lançam seu primeiro disco, intitulado apenas como Raimundos, pelo selo Banguela dos Titãs. O disco teve boa aceitação, vendendo mais de 150 mil cópias. O som pesado, com letras cheias de palavrões e com fortes influências nordestinas, chamou a atenção da mídia e do público, com canções como Puteiro em João Pessoa, Nega Jurema e Marujo. Mas o grande sucesso do álbum foi a balada pornô-erótica Selim, que impulsionou as vendas do disco e tornou a banda conhecida no país inteiro. Em 1995, voltam ao estúdio pra gravar Lavô Tá Novo, que sai pela gravadora Warner. O peso ainda estava lá, mas as influências nordestinas ficaram um pouco de lado. Com canções como a clássica "Eu quero ver o oco", Esporrei Na Manivela, Pitando No Kombão, O Pão da Minha Prima e I Saw You Saying, o disco vende bem mais que o primeiro. Em 1999 a banda volta ao sucesso com Só no Forévis, o disco mais vendido da banda. Um fato curioso foi que a primeira tiragem do CD foi roubada, o que levou os Raimundos a saírem tanto nas páginas policiais quanto nas páginas de cultura dos jornais. Em junho de 2001 após uma longa conversa entre os integrantes, o Raimundos anuncia seu fim. O principal motivo era a insatisfação de Rodolfo . Dois meses depois, Fred, Canisso e Digão resolvem retornar com a banda. Mais isso é a minha opinião, Os Raimundos, nunca mais foram os mesmos. É difícil de acreditar mais um cara da minha idade, gostar de Raimundos? Sim sempre gostei desde o primeiro disco, e quando Rodolfo saiu, imaginei que aconteceria isso mesmo. Os Raimundos foram com certeza Os Mamonas, com músicas mais picantes e mais pesadas. Mais relembrar é viver, então vamos viver relembrando, Raimundos.





Na Boa! É ou Não de Gostar Muito?

Um comentário:

  1. porra o melhor banda de maetal do brasil já é uma lenda

    ResponderExcluir