30 de junho de 2009

Minha Culpa, Minha Maxima Culpa!


Esta Semana, coloquei algumas frases que costumo escutar ao longo de minha vida....algumas marcantes, outras detestáveis, mais todas muito reais, e se alguém se ofendeu algum dia por meus, Modos, Génio, Marra, Fúria, Rebeldia, Falta de Educação. Poxa DESCULPA!
Mais foi tudo, muito por defesa, por militar num mundo tão competitivo, e tão duro de roer. Uma forma de intimidar os concorrentes. E nada pessoal.

VOCÊ É MUITO MELHOR BRABO!

Acabou desencadeando coisas tão ruins, que eu nem poderia imaginar!!!
Mais não adianta, eu sei que tudo é minha culpa, minha máxima culpa, minha máxima culpa, apenas minha culpa, tudo que acontece de bom ou ruim comigo, é minha culpa.

MINHA MÁXIMA CULPA!

MEA CULPA!

Este é um Enigma, que estou tentando desvendar, mais tudo é Minha Culta, Mea Culpa, Minha Máxima Culpa!

29 de junho de 2009

Só Um Desabafo! Coisa Leve! Prá Descontrair!


Poxa, como falei a alguns dias, existem frases que me perseguem!!!

"Tu Está Com o Boi Na Sombra"
"Ta Com Muito em Miguel"
"Só Nas Festas"
"O Miguel só Gosta de Rock"
"O Miguel é Brigão"
"O Miguel Tem um Génio Muito Difícil"
"O Miguel é Mal Humorado"
Pois é, estas frases aí, vira e mexe, pintam de algum modo em minha vida....E juro prá vocês, algumas me deixam muito puto da cara!!! Pois tudo em nossas vidas, são dentro de contextos, de momentos, de situações.

A alguns dias atraz, o Jota Jr., me citou no Blog dele, não lembro de que no momento, " o Jota Jr", ( Ele tinha um ar superior, alto-suficiente e arrogante. Mais tarde, vim a saber que esses eram seus instrumentos de auto-proteção... ), mais como disse logo depois, que eu era assim, em forma de defesa...e uma questão pessoal. Talvez em muitas vezes eu fui franco, não tolerei injustiças, nem comigo nem com amigos, pois sou um cara que joga sempre por uma coisa justa, que seja bom para todos, não sou nenhum pouco egoísta, sempre quero o bem de todos, e não sou daquelas pessoas que só enxergam o seu bem, e o resto que se foda.

Mais para me deixar muito puto, na Sexta-feira, dentro de todo este temporal que ronda minha vida, alguns amigos, "amigos sim", claro que são amigos, tocam em frases, como se diria na novela das oito, "Nada Auspiciosas", para o momento.

"O Miguel Tem um Génio Difícil"

Porra, sou muito calmo, sou muito educado, sou muito trabalhador, mais tudo isso está dentro de um contexto.... E acho que estão fazendo, mal juízo de mim. Trabalhei durante quase 14 anos em uma multinacional, onde o meu gerente dizia para mim, "Miguel tu é Muito Melhor Quando Está Brabo" e é por conta desta frase, que estou pagando.

Para Descontrair! Vai Tomar no Cú!




Descontraiu? Boa Semana a Todos!

27 de junho de 2009

Será Que Michael Jackson?





Nos últimos anos, e nos últimos dias muito mais, ouvimos falar muito de Michael Jackson, O Rei do Pop, como era conhecido, devido as marcas obtidas em sua carreira....Mais vamos todos refletir, e eu gostaria muito de ver os comentário dos seguidores e outros frequentadores deste Blog.
Será pessoal, que Michael Jackson, brincou quando era ainda uma criança, andou de bicicleta, puxou carrinho, brincou de taco, jogou bolinha de gude, empinou pandorga, apertou campainha correu com os amigos, já que é Americano, será que jogou basquete na praça? Olha!!! Tenho minhas duvidas, sobre sua infância? Será que ele queria cantar com os irmãos ou queria brincar com seus carrinhos, seus amiguinhos, se é que os teve?

Pois a adulto, que conhecemos depois, era uma pessoa aparentemente frágil, desconfiada, tímida, lembro de Michael Jackson, no fundo de uma sala do hotel, com aquela mascara no rosto, meio que com medo daqueles como eu que estavam ali, somente para reverencia-lo. Ele mal esticou sua mão magra em minha direção para um comprimento breve e de cabeça baixa.
Li hoje em uma matéria, que tudo que ele queria era fazer as pessoas felizes, mais mesmo assim ele nunca esteve contente com sigo mesmo, nunca gostou de seu rosto, e de um negro bonito, se tornou quase uma mutação, provou, e isso tenho certeza, as melhores coisas que a fama podem dar a um ser humano.
Porra que coisa maravilhosa que é, estar num palco, com uma plateia a seus pés, é como se fossemos senhores de tudo....Mais infelizmente, estes momentos passam, e a solidão toma conta do astro, que não tem ocupação, não tem amigos, não pode andar na rua, ir no Shoping, ir a praia, conviver com o mundo a sua volta.
Será que em algum dia de sua, Michael Jackson, comeu um churrasco na beira de uma piscina com seus amigos, tomou cerveja, e deu muitas risadas?
Eu que amo tanto a vida, e já refleti muito sobre uma coisa que não nego que tenho medo, da solidão e da morte, refleti quando morreram "Os Mamonas, Ariton Senna, Princesa Diana", e tantos outros que morreram jovens e no meio de uma vida inteira. Michael Jackson, tinha apenas 50 anos, mesma idade que meu pai morreu.
Será que ele amou alguma mulher, ou algum homem que seja, mais que tenha sentido o gosto maravilhoso do amor, será que realmente teve filhos, e os amou tambem? Jamais quero lembrar deste artista maravilhoso, por tribunais, casos de pedofilia nunca comprovados, e sim por sua arte.
Não tenho duvida nenhuma da arte que ele nos deixou, está tudo ai para ser visto, escutado, curtido....Só ficaram muitas duvidas, será que ele queria isto? Será que ele, coitadinho na solidão daquelas mansões, muitas vezes cercado só de empregados, que não eram seus parentes e portanto não o amavam do fundo do coração.
Vou colocar três Clips, Man in the Mirror, mostra o amor dele pelo publico por sua banda, e do publico por ele (duvido que você não chore)...Black or White, a maldita divida sobre a cor, e...Bem, Smile você tem que ver e se emocionar!!!

Será, que Michael Jackson Foi Feliz?








Michael Jackson Vive!

26 de junho de 2009

A Vida Continua Com "Os Cascaveletes"!




Os Cascavelletes foram uma banda brasileira de rock and roll, formada em Porto Alegre, RS e que teve um tempo muito curto de duração, mas continua sendo muito influente até os dias atuais pelo o seu som irreverente e com letras polêmicas.



Foi uma das principais bandas da época, quando houve uma ascensão no rock gaúcho, junto à TNT, Graforréia Xilarmônica, DeFalla, Garotos da Rua, Engenheiros do Hawaii e Os Replicantes. Tinha influências de bandas inglesas como Rolling Stones e Beatles, além do rockabilly dos ano 50. A banda caracaterizava-se por temas geralmente ligados ao sexo, mulheres e românces. Ficou muito conhecida por criar um estilo musical próprio, chamado porno rock.

A banda começa em 1987, quando Flávio Basso (vocal) e Nei Van Soria (guitarra) deixam o TNT. Boatos dizem que a saída acontece porque Charles Master, vocalista do TNT, não havia aceitado as letras sexuais de Basso e Van Soria, que chamaram Frank Jorge (baixo), ex-Prisão de Ventre; e Alexandre Barea (bateria) para a sua nova banda.
Em 1987 gravam a primeira demo, lançada pela Vórtex, gravadora underground de Porto Alegre, em homenagem à ela o nome Vórtex Demo. Nela estão músicas que tornaram-se clássicos do rock gaúcho, como "Menstruada", "Morte por Tesão" e "Banana Split".
Em 1988, lançam um LP, chamado Os Cascavelletes contendo algumas músicas da primeira demo e outras inéditas, que seria a entrada da banda nas rádios gaúchas. Músicas como "Estou Amando uma Mulher" e "Jessica Rose" fazem a banda alcançar o sucesso. A música "Menstruada" é proibida nas rádios, mesmo com a censura a canção tem grande destaque.

Em 1989 lançam outra demo, com músicas inéditas. A demo não tem um nome, mas é chamada de Pré-Rock'a'ula, pois saiu meses antes do lançamento do primeiro disco oficial da banda. Foi gravada no Farm Estúdio no Rio de Janeiro e entre a gravação e o lançamento do disco, Frank Jorge deixa a banda, por estar bastante envolvido com a Graforréia Xilarmônica, banda que havia criado, o que faz com que ele brigue com Basso, Van Soria e Barea.
Rock'a'ula saiu pela gravadora EMI e trouxe à banda um reconhecimento nacional, com a música "Nega Bombom" fazendo parte da trilha da novela Top Model, da Rede Globo. O disco conta com participações de Luciano Albo no baixo e Humberto Petinelli, o "Cocaine Bluesman" nos teclados em algumas faixas.
A partir do lançamento do disco, a banda lança mais duas demos, em 1990 e 1991, com músicas inéditas, mas não alcançam o sucesso de antes. Em 1992, ainda lançam um compacto, chamado "Homosexual/Sob um Céu de Blues" que chegou a tocar em algumas rádios. Mas a banda já não contava com a vontade do início e é neste momento que começa o termino de um dos.
Flávio Basso adota o pseudônimo de Júpiter Maçã e consegue fazer um sucesso ainda maior com o lançamento de seu álbum de estréia A Sétima Efervescência, que foi muito aclamado pela crítica. Nei Van Soria fica pouco tempo na banda Colarinhos Caóticos, mas logo em seguida entra em carreira solo, alcançando relativo sucesso nas rádios gaúchas. Frank Jorge continua na Graforréia Xilarmônica e, depois do fim desta, segue carreira solo. Alexandre Barea participa em diversas bandas paralelamente, mas dedica-se mais a uma escola de música em Porto Alegre.
Em 2007 Os Cascavelletes se reuniram novamente com sua formação clássica para um show memorável de comemorção dos 10 anos da Rádio Pop Rock de Porto Alegre, tocando todos os sucessos, que são a influência direta no rock gaúcho e que os tornaram discografia básica do rock nacional.

SEXO, DROGAS & ROCK'ROLL!!!

OS CASCAVELETES!










ERA PURA DIVERSÃO!!!

25 de junho de 2009

O Rei do Pop Morreu, Viva o Rei! ! !




Michael Joseph Jackson Indiana, 29 de agosto de 1958 - 25 de Junho de 2009, foi um músico norte-americano, atuante como cantor, compositor, ator, publicitário, escritor, produtor, diretor, dançarino, instrumentista e empresário.



Michael Jackson era o sétimo de nove filhos de Joseph e Katherine Jackson. A família inteira – incluindo os irmãos mais velhos, Rebbie, Jackie, Tito, Jermaine, LaToya e Marlon, e os mais novos, Randy e Janet – viveram juntos em uma pequena casa de dois quartos, e o pai sustentava a casa a duras penas trabalhando em uma usina siderúrgica. Por vontade da mãe, mas contra o desejo do pai, as crianças tornaram-se Testemunhas de Jeová e passaram a praticar a evangelização de porta em porta.

Na Motown, Michael Jackson, junto a seus irmãos gravou vários álbuns, o que lhes rendeu fama mundial. Com apenas 13 anos Michael através dos Jackson Five havia colocado quatro músicas no topo das paradas, I Want You Back, ABC, I’ll Be There, The Love You Save. Michael iniciou sua carreira solo quando ainda estava na Motown ele lançou os álbuns, Got To Be There, Ben, Music & Me e Forever, Michael. Todos com pelo menos um hit mundial. A partir de 1973 a popularidade do grupo começou a cair, embora eles tivessem hits razoáveis como, I Am Love e Dancing Machine. Nesse último, durante as apresentações, Jackson simulava um robô dançando. A dança tornou-se bastante popular no mundo todo.

Começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade, iniciando-se na carreira profissional aos onze anos como vocalista dos Jackson 5; começou logo depois uma carreira solo em 1971, permanecendo como membro do grupo. Apelidado nos anos seguintes de "King of Pop" ("Rei da música Popular"), cinco de seus álbuns de estúdio se tornaram os mais vendidos mundialmente de todos os tempos: Off the Wall (1979), Thriller (1982), Bad (1987), Dangerous (1991) e HIStory: Past, Present and Future – Book I(1995). Lançou-se em carreira solo no início da década de 1970, ainda pela Motown, gravadora responsável pelo sucesso do grupo formado por ele e os irmãos. Em idade adulta, gravou o álbum mais vendido da história, Thriller;

No início dos anos 1980, tornou-se uma figura dominante na música rock e música popular e o primeiro cantor afro-americano a receber exibição constante na MTV. A popularidade de seus vídeos musicais transmitidos pela MTV, como "Beat It", "Billie Jean" e "Thriller" são creditados como a causa da transformação do vídeo musical em forma de promoção musical e também de ter tornado o então novo canal famoso. Vídeos como "Black or White" e "Scream" mantiveram a alta rotatividade dos vídeos de Jackson durante a década de 1990. Foi o criador de um estilo totalmente novo de dança, utilizando especialmente os pés. Com suas performances no palco e clipes, Jackson popularizou uma série de complexas técnicas de dança, como o robot e o moonwalk. Seu estilo diferente e único de cantar, bem como a sonoridade de suas músicas influenciaram uma série de artistas nos ramos do hip hop, dance e R&B.
Jackson doou milhões de dólares durante toda sua carreira à causas beneficentes através da Dangerous World Tour, compactos voltados à caridade e manutenção de 39 centros de caridades. No entanto, outros aspectos da sua vida pessoal, como a mudança de sua aparência, principalmente a da cor de pele devido ao Vitiligo e geraram controvérsia significante a ponto de prejudicar sua imagem pública. Em 1993 foi acusado de abuso de crianças, mas a investigação foi arquivada devido a falta de provas e Jackson não foi a tribunal. Depois, casou-se e foi pai de três filhos, todos os quais geraram controvérsia do público. O cantor teve experiências com crises de saúde desde o início dos anos 90 e sofreu também comentários sobre sua situação financeira. Em 2005, Jackson foi julgado e absolvido das alegações de abuso infantil.

Um dos poucos artistas a entrarem duas vezes ao Rock And Roll Hall of Fame, seus outros prêmios incluem uma série de recordes certificados pelo Guinness World Records - um deles para Thriller como o álbum mundialmente mais vendido de todos os tempos - dezenove Grammys em carreiro solo e seis Grammys com The Jacksons e 41 canções a chegar ao topo das paradas como cantor solo - e vendas que superam as 750 milhões de unidades mundialmente, alguns empresários da Sony já registram a incrível marca de mais de 1 bilhão. Sua vida, constantemente nos jornais, somada a sua carreira de muito sucesso como rock superstar fez dele parte da história da música rock e cultura popular por mais de quatro décadas. Nos últimos anos, foi citado como o homem mais conhecido mundialmente.

Seus shows eram, não só um show, mais verdeiros videos clips ao vivo, no show do Estádio do Morumbi em 1994, podemos constatar isto. Numa época onde todos diziam que Michael Jackson, estava querendo ser branco, deu para notar que o que ele tinha mesmo era (vitiligo), e muita maquiagem. Quem diria, um homem que cuidava tanto da saúde, morrer em casa, morando a uma quadra de um hospital. Mais o que ficou, não vamos esquecer nunca. Muita coisa ruim foi falada sobre ele nos ultimos anos, não lembro bem, mais acho que em seu ultimo cd, um dia antes de ser lançado, eu ainda estava na Sony Music, veio um papo destes de pedofilia, e acabou estragando todos os esforços de fazer a música de trabalho tocar nas rádios, não só no Brasil como no mundo inteiro. Sempre vou preferir lembrar de Michael Jackson, como um ARTISTA como poucos em de sua geração.

O Rei do Pop Morreu, Viva o Rei!!!



















O Rei Sempre Vai Estar Vivo!!!

24 de junho de 2009

Nenhum de Nós


Nenhum de Nós é uma banda de pop rock brasileira do estado do Rio Grande do Sul fundada em 1986.

História

Sady Homrich e Carlos Stein se conheceram nos tempos da primeira série escolar, mais tarde, na quinta série, conhecem Thedy Corrêa. Tudo isso no colégio lasallista Nossa Senhora das Dores, na rua Riachuelo em Porto Alegre. Ali, bem perto do Theatro São Pedro, onde os garotos nem imaginavam, viveriam momentos importantes da futura carreira.

Thedy ganhou um violão aos quatorze anos, foi aluno de violão clássico do professor Afrânio. Carlos, com quinze anos, comprou sua primeira guitarra , juntamente com seu irmão, Thedy e outro amigo em comum formam um grupo folk batizado de Quarteto Jererê.

Na faculdade, Carlão foi um dos fundadores do grupo Engenheiros do Hawaii. Depois de dois shows, saiu para formar uma banda com os amigos Thedy e Sady, sendo que este tinha na faculdade um grupo de samba-de-raiz chamado "Grupo do Fadinho". Após decidirem formar a banda, Sady começou a ter aulas de bateriacontra-baixo e uma guitarra (sim, a guitarra era de verdade, o que não evitava as pedras jogadas pelos vizinhos). Depois de algum tempo, ensaiavam quase todas as tardes no bar Bangalô, onde Sady trabalhava como músico.

Nome da Banda

O espetáculo de lançamento do trio com o nome Nenhum de Nós foi no mesmo bar com um público de umas 80 pessoas entre amigos e parentes. Precisavam de um nome para a apresentação. Eles buscavam um nome que provocasse curiosidade e que denotasse algo em comum entre os três: Nenhum de Nós enxerga direito; Nenhum de Nós rodou na escola; Nenhum de Nós foi para o quartel" etc. De tanto se repetir ficou este o nome: NENHUM DE NÓS.

Os Meus Amigos e Patrões

Thedy Corrêa: casado e tem uma filha, Stella. O vocalista tem projetos paralelos ao Nenhum de Nós. Exemplos disso são o CD solo Loopcinio, onde faz uma homenagem ao cantor gaúcho, Lupicínio Rodrigues e o livro Bruto que acaba de lançar.

Veco Marques: formado em Publicidade e Propaganda pela Unisinos. Toca violão e, para o Nenhum de Nós Acústico 2, mandou trazer uma sitar da Índia.

Carlos Stein: costumam dizer que Carlão é "o cara", pois além de tocar em uma das grandes bandas do rock brasileiro, ajudou a fundar os Engenheiros do Hawaii.

Sady Homrich:este "abominável e homem da bateria" já nasceu com as baquetas na mão. Formado em Engenharia Química pela PUCRS, diz que na estante não faltam livros de química e de meta-física. Sady usa baterias e peles RMV, baquetas Pro-Star e pratos Orion

João Vicenti: o mais novo integrante da banda nasceu em 11 de agosto de 1965. Foi o último músico a se juntar ao Nenhum de Nós. Cursou faculdade de Educação Física, na FUNBA.

O Nenhum de Nós lança em Agosto mais uma CD....Paz e Amor...Acústico!!!

A música de trabalho é "Abraços e Brigas" do Edgar Scandurra....já já um sucesso em todas as rádios do Brasil....vamos para uma passeio na história do:

NENHUM DE NÓS















Sou Suspeito Para Elogiar...Ducaralho!!!

90 Dias............................Um Inverno Inteiro!!!


Galera, só tenho que brincar um pouco com as palavras....acabei de receber uma ligação que a meses estava a espera. Não foi diretamente de quem eu esperava, afinal as pessoas hoje são...BLINDADAS? Talvez, é uma dificuldade falar com qualquer um, todos estão sem tempo, sem hora, ou "deixa eu falar baixo"...Não querem receber a criatura aqui.
Pois é me ligou a assistente, muito simpática, "Oi Miguel aqui é a fulana de tal, o Sr.....mandou dizer que, vai falar contigo, mais de momento ele está envolvido com outras coisas e que em 90 DIAS, com certeza vai entrar em contato contigo. "PUTA QUE PARIU"............................Consegui, pois desde Março, estou gastando, como na novela das oito...Gastando Minhas Lamparinas, e tentando falar, não só com esta mais com muitas outras pessoas. Com esta ontem, tinha dito para mim, "Miguel é o ultimo email para ele" e hoje, Graças a Deus, uma resposta, mesmo que seja para daqui 90 Dias.
As vezes fico pensando, e o sono até vai embora, deve ser por uma coisa que me perseguiu ao longo de minha vida. Olha só uma frase que muito já escutei: "Tu tá bem, ta com o boi na sombra, mora bem, tem carro, vive nas festas", e mal sabem estas pessoas que isto é tudo uma grande ilusão. Artistas, festas, carros, roupas, etc... nunca foram significado que alguem está bem ou mal.
O pior, são alguns que sempre estiveram ali, pertinho na hora das VACAS GORDAS.....mais só estão na teta, na hora boa.
Mais vamos lá....vamos seguir, A PROCURA DA BATIDA PERFEITA!!!





Vou Seguido na Batida Perfeita...Pois Portas se Abrem....Amem!!!

23 de junho de 2009

Reclamações! ! !


Não aqui no Blog, mais alguns amigos me falaram (reclamaram),que eu não estava contando um pouco do Rock Gaúcho, falando daquilo que chamo de o primeiro "BUM DO ROCK GAÚCHO"!!!

Falando de Replicantes, Engenheiros do Hawaii, Garotos da Rua, TNT, DeFalla, Nenhum de Nós, Cascavelletes, e resolvi que vou fazer esta mão....Acho que vai ficar legal...Uma primeira parte de anos 80 e depois um pouco do segundo BUM, no inicio dos anos 90, e depois chegando nas bandas novas.

Então Vamos Começar!

Rock Grande do Sul é uma coletânea musical com bandas gaúchas de Porto Alegre, RS que foram aprovadas em um processo de seleção em 1985, realizado pela gravadora RCA, atual Sony BMG Music Entertainment, pela qual a mesma foi lançada. As bandas selecionadas foram Os Replicantes, TNT, DeFalla, Garotos da Rua e Engenheiros do Hawaii.
As bandas Replicantes e DeFalla tiveram certo sucesso, porém, apenas os Engenheiros do Hawaii tiveram a carreira consolidada. Os Garotos da Rua se mudaram para o Rio de Janeiro, chegaram a ter uma vida de sucesso nacional por alguns anos, mais depois seguiram em carreiras diferentes, os Replicantes enquanto Wander Wildner esteve na banda, foi Os Replicantes, já com Carlos Gerbase nos vocais já não foi a mesma coisa...Quanto ao DeFalla, sempre foi muito siclico, pois assim é seu líder Edu K. A banda poderia ter tido uma carreira internacional, com seus discos de heavy metal, mais ao que parece preferiram continuar no Bairro Bom Fim
.

Este é o Disco!!!

Engenheiros do Hawaii - "Sopa de Letrinhas"
Os Replicantes - "Surfista Calhorda"
TNT - "Entra Nessa"
Garotos da Rua - "Sozinho Outra Vez"
DeFalla - "Você Me Disse"
Garotos da Rua - "Tô de Saco Cheio"
Engenheiros do Hawaii - "Segurança"
TNT - "Estou na Mão
DeFalla - "Instinto Sexual"
Os Replicantes - "A Verdadeira Corrida Espacial"













Era Muito Bom e a Gente Nem Sabia!


22 de junho de 2009

Tocam Por Partitura...Rush!!!




Rush é uma banda canadense de rock progressivo formada originalmente em agosto de 1968, na cidade de Toronto, Ontário, composta atualmente pelo baixista, teclista e vocalista Geddy Lee, guitarrista Alex Lifeson, e o baterista e letrista Neil Peart.

O grupo passou por uma série de diferentes formações entre 1968 e 1974, alcançando a formação definitiva quando Neil Peart tinha substituído o baterista original John Rutsey em julho de 1974, duas semanas antes da primeira turnê nos E.U.A..
Desde o lançamento do álbum de estreia em março de 1974, Rush tornou-se conhecido pelas halilidades instrumentais de seus membros, composições complexas, e letras elétricos que abordam pasadamente a ficção-científica, fantasia, e libertarianismo, dirigindo-se assuntos humanitários, sociais, emocionais, e ambientais.

Musicalmente, o estilo evoluiu ao longo dos anos, começando no blues inspirado no heavy metal em seus primeiros álbuns e, em seguida, englobando hard rock e o rock progressivo, um período dominado pelos sintetizadores e, mais recentemente, o rock moderno. Eles têm influenciado vários artistas musicais, incluindo Metallica, The Smashing Pumpkins e Primus, bem como as bandas de metal progressivo como Dream Theater e Symphony X.

A banda ganhou um número de Juno Awards, e foi introduzido ao Canadian Music Hall of Fame em 1994. Ao longo de sua carreira, os membros foram reconhecidos como sendo alguns dos mais eficientes em seus respectivos instrumentos, com cada membro ganhando vários prêmios em revistas. Como um grupo, Rush possui vinte e quatro certificações de ouro e catorze de platina (3 multi-platina) registrados. Segundo a RIAA, o Rush é o quarto colocado nas estatísticas de vendas de álbuns consecutivos de ouro ou platina por uma banda de rock, atrás de The Beatles, The Rolling Stones e Aerosmith. O grupo também se classifica na 78° de números de vendas nos E.U.A., com 25 milhões de unidades. Embora o número total de vendas não são calculadas por uma única entidade, a partir de 2004 várias fontes da indústria mundial estimaram as vendas em mais de 40 milhões de unidades.

Trabalhei alguns discos do Rusch, o Fly Ny Nigth, 2112 e Caress Of Steel o melhor de todos...e de todos os tempos talvez, tive muita sorte pois fui ao Estádio Olímpico, assistir esta banda que é simplesmente maravilhosa ao vivo...Vou mandar para vocês uns clássicos do Rush.

Curte aí!!!







É Muito Bom!!!

20 de junho de 2009

Emerson, Lake and Palmer





Emerson, Lake & Palmer (ou ELP) foi uma banda de rock progressivo britânica formada nos anos 70 por Keith Emerson (teclado), Greg Lake (guitarra, baixo e vocais) e Carl Palmer (bateria). Entrou para história da música por ser a primeira banda de rock a levar um sintetizador, na época um aparelho gigantesco, monofônico e analógico, para um show, em fins da década de 60. Entre os seus sucessos, destacam-se From the Beginning, Lucky Man e Ces't la vie.

História

A banda foi formada em 1970. Seu nome quase foi Hendrix, Emerson, Lake, and Palmer (ou HELP). Em 1969, Keith Emerson estava tocando com os The Nice, e Greg Lake estava tocando com o King Crimson. Após tocarem nos mesmos concertos algumas vezes, os dois tentaram trabalhar em conjunto, mas perceberam que seus estilos não eram compatíveis, mas sim complementares. Eles desejavam se tornar uma banda composta por teclado, baixo e bateria, algo que nunca havia sido feito ateriormente, mas sentiram que era algo utópico, e então saíram a procura de um baterista. Antes de confirmar Carl Palmer na banda, Mitch Mitchell (do The Jimi Hendrix Experience) foi contactado. Ele não se interessou mas passou a idéia para Jimi Hendrix. Hendrix, cansado de sua banda e querendo experimentar idéias diferentes, expressou interesse em tocar com o grupo. Por conflitos nas agendas dos músicos isso não foi possível inicialmente, mas o plano era unir Hendrix no Isle of Wight Festival (em 1970). Infelizmente Hendrix faleceu, reduzindo a banda à Emerson, Lake and Palmer.
Os primeiros quatro anos foram muito férteis em criatividade. Lake produziu os primeiros seis álbuns da banda, começando por
Emerson, Lake and Palmer (álbum) em 1970, que continha o hit Lucky Man. Tarkus (de 1971), foi o primeiro álbum conceitual de sucesso da banda, descrito como uma história de evolução reversa. A gravação ao vivo de 1971 da interpretação da obra de Modest Mussorgsky Pictures at an Exhibition foi um sucesso, o que contribuiu para a popularidade da banda. O álbum de 1972 Trilogy continha o single mais vendido da banda, From the Beginning.

Volta Completa

A formação original da banda resurgiu em 1992, com o álbum de volta Black Moon. As turnês de 1992 e 1993 tiveram bastante sucesso, culminando com a apresentação no Wiltern Theatre em Los Angeles no início de 1993. Mas nessa época Palmer estava sofrendo da síndrome do túnel carpal e Emerson estava em tratamento por lesão por esforço repetitivo em uma das mãos. Não foi surpresa que o álbum seguinte, In the Hot Seat (1994), não tenha tido muita resposta do público e da mídia.

O Emerson, Lake and Palmer, pode não ser muito lembrado hoje em dia nas rádios, mais com certeza deixou pelo menos quatro pérolas, do Rock Progressivo ou Sinfonico e estas quatro porque não POP.

From The Begining, Luke Man, Ces't La Vie e a maravilhosa, Fanfare for the Common Man

Com Vocês Emerson, Lake and Palmer!!!







Bom Findi a Todos!!!
Segunda-feira Te Rush!!!



19 de junho de 2009

Progressivo, Psicodélico...Pop, Pink Floyd! ! !






Pink Floyd é uma banda de rock inglesa do século XX famosa pelas suas composições de rock clássico harmónico, pelo seu estilo progressivo e pelos espectáculos ao vivo extremamente elaborados. A origem do nome "Pink Floyd" deve-se à admiração do fundador Syd Barrett pela arte dos músicos Pink Anderson e Floyd Council, do blues.
É um dos grupos mais influentes na história do rock, além de um dos mais bem sucedidos, tendo vendido aproximadamente 300 milhões de cópias de seus álbuns.

A produção The Dark Side of the Moon manteve-se no Top 100 Billboard de vendas durante mais de uma década e continua a ser um dos álbuns mais vendidos de todos os tempos.
Liderada pelo lendário
cantor e compositor Syd Barrett, o grupo tinha um modesto sucesso na segunda metade da década de 1960 produzindo rock psicodélico. Mas o comportamento errático de Barrett forçou seus colegas de banda a afastá-lo e substituí-lo pelo guitarrista e cantor David Gilmour.
Com a saída de cena de Barrett, o
baixista e vocalista Roger Waters gradualmente tornou-se o líder e principal compositor do Pink Floyd. Esta fase foi marcada pela produção de álbuns conceituais como The Dark Side of the Moon (1973), Wish You Were Here (1975), Animals (1977) e The Wall (1979) --- álbuns que obtiveram êxito mundial, foram aclamados pela crítica especializada e figuraram em listas dos mais vendidos e populares em vários países.
Mas após o álbum,
The Final Cut, (1983), o grupo separou-se. Em 1985, Waters declarou que o Pink Floyd estava extinto, mas os demais membros (agora liderados por Gilmour, mais o tecladista Rick Wright e o baterista Nick Mason), após briga judicial, retomaram a banda com o nome oficial e seguiram gravando e se apresentando - com grande sucesso comercial - e, finalmente, fecharam um acordo com Waters.
Em
2 de julho de 2005 e pela primeira vez em 24 anos, a formação mais clássica do Pink Floyd voltou a tocar, para a sua maior platéia, no concerto Live 8, em Londres (Reino Unido).

Em 15 de Setembro de 2008, o tecladista Richard Wright morreu, pondo um fim no sonho de um possível retorno dos Pink Floyd.


Não tinha coisa mais clássica, na minha adolecencia que colocar o DARK SIDE OF THE MOON, depois de dar uma volta grande na prascinha... Nossa era uma viagem só. O PINK FLOYD, faz parte das bandas que ainda não assisti show ao vivo. Só assisti ao Roger Waters, no Estádio Olímpico, claro que tocando só músicas do PINK FLOYD...

A Viagem Vai Começar Boa Viagem!











E aí Viajou???

18 de junho de 2009

A Rainha...o Queen!!!




Queen é uma banda de rock que já vendeu mais de trezentas milhões de cópias no mundo inteiro e é liderada atualmente por Brian May (guitarra) e Roger Taylor (bateria). Foi uma das mais populares bandas inglesas dos anos 1970 e 1980, sendo precursora do rock tal como hoje o conhecemos, com magníficas produções dos seus concertos e videoclipes das suas canções. Mesmo nunca tendo sido levada a sério pelos críticos da sua época, que consideravam a sua música "comercial" (a crítica de hoje considera os Queen como uma das melhores bandas de rock de todos os tempos), a banda tornou-se a das mais famosas entre o público, graças à sua mistura única entre as complexas e elaboradas apresentações ao vivo e o dinamismo e carisma da sua estrela maior, o vocalista Freddie Mercury.
O início da banda remonta a
1967, quando Brian May, Tim Staffell e Roger Taylor formaram o trio Smile, no Imperial College em Londres, onde todos estudavam. Após a saída do baixista e vocalista do grupo, Tim Staffell, na Primavera de 1970, May e Taylor foram apresentados por Staffell a Farrokh Bulsara em Abril do mesmo ano, o qual viria a ser o vocalista da nova banda com o nome artístico Freddie Mercury, batizando a banda com o nome Queen. Em 1971, John Deacon completou a formação do Queen como baixista


Integrantes

Brian May
Roger Taylor
Freddie Mercury
John Deacon

Anos 70

O primeiro álbum da banda, intitulado Queen, foi lançado como uma revolução no Reino Unido, mas não teve o sucesso esperado. Este álbum caracterizou-se por um som pesado, misturando a banda à onda heavy metal que já existia na Inglaterra do início da década de 1970. Deste álbum, destaca-se a faixa "Keep Yourself Alive", canção que conseguiu alcançar o Top 40 do Reino Unido.
O segundo álbum,
Queen II, já apresentava um som mais melódico, mostrando já a influência que Freddie viria a ter nas composições da banda. Aqui destaca-se a composição "Seven Seas of Rhye", primeira canção da banda a alcançar o Top 10 do Reino Unido.
A partir do terceiro álbum,
Sheer Heart Attack, a banda viria a ter os seus álbuns distribuídos pela Trident e EMI, ocasionando assim uma reviravolta na trajetória da banda. Lançado em 1974, o álbum foi o primeiro da banda a estar entre os 10 mais vendidos da Inglaterra, e tornou o Queen conhecido dos dois lados do Atlântico. A turne nos EUA foi um sucesso, o que abriu caminho para que a banda pudesse concretizar a sua obra-prima.

Anos 80

O ano de 1980 marcou uma mudança no som da banda, até então sempre ressaltada nas capas dos seus discos com a frase "No Syntethizers!". Após o lançamento do álbum ao vivo "Live Killers", em 1979, os Queen lançaram o álbum "The Game",combinação entre o glam rock dos anos 70 e a plasticidade da década seguinte, o qual demonstrava a intenção da banda em inserir na sua música a eletrônica. Este álbum foi um sucesso principalmente nos EUA, onde a canção "Another One Bites The Dust", com sua belíssima linha de baixo (inspirada na canção do Good Times da banda Chic), alcançou o topo das paradas de rock, soul e disco. Além dessa canção, o rockabilly "Crazy Little Thing Called Love" tornou-se outro sucesso da banda.
Então, a banda lançou a trilha sonora do filme "
Flash Gordon", em 1980. Este disco, pela primeira vez, representou um grande fiasco da banda, não agradando tanto a crítica quanto os fãs.
Com sua popularidade reduzida na Europa, fortemente impactada pela onda
Punk que surgia no Reino Unido, o Queen passou a buscar novos mercados para seu som, iniciando visitas a países fora do eixo EUA-Europa-Japão. Pela primeira vez uma grande banda realizava turnês na América do Sul e África. Na sua primeira passagem pelo Brasil, em 1981, nos doze meses que antecederam o show as rádios de São Paulo só tocavam as canções dos Queen.
O lançamento do disco "
Hot Space", em 1982, trazia um som muito diferente,substituindo o heavy metal e o hard rock, por um estilo mais disco/funk, e música eletrônica, foi recebido com alguma desconfiança pelos fãs, que já não viam ali a mesma criativa e inovadora banda, no entanto a sua turnê foi um grande sucesso mostrando que mesmo com um álbum pouco conceituado as suas exibições continuavam a atrair mais público. Neste álbum, temos a primeira participação dos Queen com outro cantor, David Bowie, na faixa "Under Pressure".
Essa época,antecipava a carreira a solo de Freddie divorciada do rock virando-se para a
pop e eletrônica. Já eram conhecidas as brigas e discussões dos integrantes da banda, com constantes idas e vindas, ameaças de saída, entre outros problemas,no entanto a banda sempre se manteria junta. Essa década foi marcada pelos trabalhos solo dos integrantes do grupo, marcando assim uma maior distância entre os álbuns. Ficou conhecida na imprensa inglesa a briga que os integrantes promoveram entre as gravações do disco The Works.


Após lançar "The Works", em 1984, o Queen teve no ano seguinte a sua redenção. Convidados para participar do Rock in Rio, verdadeira cidade do Rock construída no Rio de Janeiro, a banda roubou a cena dos espetáculos, tanto pelas excentricidades de seus integrantes quanto pela beleza de suas apresentações ao vivo, realizados para mais de 250 mil pessoas com a tranquilidade de um espetáculo caseiro.
Em
13 de Julho de 1985, o Queen mostrou a todo o mundo sua condição de Estrela do Rock, ao atrair todas as atenções para o show beneficente Live Aid, em prol das vítimas da fome na África.Essa apresentação do Queen no Live Aid é para muitos críticos o maior show de rock de todos os tempos.
Em
1986 a banda lança o disco "A Kind of Magic", contendo a trilha sonora do filme "Highlander". Este disco trouxe os Queen de volta as paradas de sucesso, com canções bem mais produzidas como "Who Wants To Live Forever", "Friends Will be Friends", "A Kind of Magic" e "One Vision".
No mesmo ano a banda inicia a Magic Tour, a turnê que gerou mais lucros para o Queen, com estádios lotados, e vários registros em video e audio. A turnê foi feita apenas em paises europeus.

Em 9 de Agosto de 1986 o Queen se apresentou pela última vez em público.

Anos 90

Em 23 de Novembro de 1991, em uma declaração gravada em seu leito de morte, Freddie Mercury finalmente divulgou que tinha AIDS. Doze horas depois do anúncio, Mercury morreu vítima de uma broncopneumonia aos 45 anos de idade. Seu funeral foi privado, feito de acordo com os princípios religiosos zoroástricos de sua família.Freddie foi cremado e suas cinzas estão no Garden Lodge.
Em
20 de Abril de 1992 o público dividiu a tristeza pela perda de Freddie no "The Freddie Mercury Tribute Concert", realizado no Estádio de Wembley de Londres em sua homenagem. Músicos como Annie Lennox, David Bowie, Def Leppard, Elton John, Extreme, Guns N' Roses, George Michael, Liza Minnelli, Metallica, Robert Plant, Roger Daltrey e Tony Iommi, juntamente com os integrantes remanescentes dos Queen, tocaram os maiores sucessos da banda.


Poxa, bobalhão eu, eu tambem assisti ao Queem, no Rock'Rio de 1985, foi o ultimo show da Sexta-feira. Tudo aquilo que se via em video foi exatamente o que curti, Freddie Mercury, parecia um maestro comandando mais de 90 mil pessoas a sua frente..

Foi Lindo Nunca Vou Esquecer!!!
















The Show Must Go On, este ultimo clip, foi feito quando Freddie Mercury já estava muito debilitado pela AIDS, e significa que o Show deve continuar...

Eles Sempre Foram Reis!!! Do Classico Rock!!!
A Rainha